ATRATIVOS TURÍSTICOS DE PIEDADE

0

Com área total de 714,66 Km2 cerca de 35% de sua área é ocupada pela produção agrícola, sítios de recreio, pesqueiros, pecuária e criação de animais exóticos. Com seus rios, represas, bosques, áreas de mata nativa, paisagem de rara beleza, com flora e fauna diversificadas, aliadas à qualidade do clima semelhante ao de Campos do Jordão e a qualidade de vida oferecida.
Piedade tem o potencial requerido para o desenvolvimento do turismo. Tendo a cidade sido incluída entre os municípios cadastrados pela EMBRATUR
Como “municípios de potencial turístico” e, principalmente, os que representam forte vocação para o ecoturismo.O município encontra-se em fase final para elevação à condição de Estância Turística.
Piedade é um verdadeiro convite para um encontro com a natureza, é uma opção perfeita para as pessoas que procuram ar puro e clima de montanha.
Presenteada por lindas cachoeiras, represas e trechos de Mata Atlântica, Piedade proporciona momentos inesquecíveis a quem tem a oportunidade de conhecer seus encantos naturais.

Bookmark and Share

Pontos Turísticos – Lazer em Piedade

0

ATRATIVOS TURÍSTICOS DE PIEDADE


Com área total de 714,66 Km2 cerca de 35% de sua área é ocupada pela produção agrícola, sítios de recreio, pesqueiros, pecuária e criação de animais exóticos. Com seus rios, represas, bosques, áreas de mata nativa, paisagem de rara beleza, com flora e fauna diversificadas, aliadas à qualidade do clima semelhante ao de Campos do Jordão e a qualidade de vida oferecida.
Piedade tem o potencial requerido para o desenvolvimento do turismo. Tendo a cidade sido incluída entre os municípios cadastrados pela EMBRATUR
Como “municípios de potencial turístico” e, principalmente, os que representam forte vocação para o ecoturismo.O município encontra-se em fase final para elevação à condição de Estância Turística.
Piedade é um verdadeiro convite para um encontro com a natureza, é uma opção perfeita para as pessoas que procuram ar puro e clima de montanha.
Presenteada por lindas cachoeiras, represas e trechos de Mata Atlântica, Piedade proporciona momentos inesquecíveis a quem tem a oportunidade de conhecer seus encantos naturais.

O DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE TURISMO

O DEMTUR promove o projeto Conheça Piedade, que é composta de sete roteiros a pousadas, cachoeiras, trilhas ecológicas, pesqueiros e campo esotérico de energização, além de possibilitar ao visitante e também ao piedadense conhecer criações de javali, camarão e carneiros.

MIRANTE DO CRUZEIRO

Inaugurado em 1953, o Mirante do Cruzeiro, que é tradicionalmente conhecido como “Cruzeirão”, possui o formato de uma cruz, que foi feita de metal e ferro, tem 12 metros de altura e está cravado em uma pedra de 7,50 metros de altura.
Do alto da pedra, que fica próxima ao centro da cidade, é possível avistar boa parte de Piedade.

KARTÓDROMO
O Kartódromo Municipal “José Soares da Silva” está localizado no Recinto Oficial de Festas, e possui pista de alta velocidade, onde os pilotos alcançam uma velocidade média de 90 Km/h, em um espaço de 750 metros. Inaugurado em 23 de maio de 1999, o Kartódromo atrai nos finais de semana dezenas de corredores que participam de Campeonatos de Kart, além disso ele é mais um espaço de lazer em Piedade, onde esportistas e admiradores deste esporte radical se encontram.

VILA ÉLVIO

Com 2.221 ha (1.500 ha de mata natural) integra a Reserva Estadual do Jurupará; clima típico europeu e características típicas da imigração italiana; propriedade particular com pequena infra-estrutura para visitantes; no local, Gruta N. Sra. de Lourdes, importante na história religiosa do município; acesso pela Estrada do Tapiraí, sentido Bairro dos Pintos

PONTE ECOLOGICA SÃO JOSÉ
Quiosques, churrasqueiras e fonte de água; acesso pela Rodovia SP 79 km 108, Bairro Roseira.


JARDIM ORIENTAL

O Jardim Oriental é um espaço localizado dentro da Igreja Messiânica, situado no bairro Miguel Russo, a 18 Km do centro da cidade. É um lugar calmo, que oferece ao visitante a oportunidade de meditar e encontrar a paz interior, em contato com uma bela paisagem. Bairro dos Prestes – Rodovia SP 79 – Piedade/Tapiraí.

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E ESPORTIVA DE PIEDADE – KAI-KAN
Há 49 anos, a pioneira família japonesa Nakao, fixou-se no bairro Paulas e Mendes, e desde então aumentou ano a ano a população japonesa, de tal modo que no dia 7 de setembro de 1947 foi construída a Associação Cultural e Esportiva de Piedade, popularmente conhecida como Kai-Kan. Espaço onde acontecem diversas atividades culturais e esportivas, como Campeonatos de Softball, Beisebol e Sumo. Local onde é realizada a 18 anos a Festa da Cerejeira, que é feita para comemorar a florada de milhares de cerejeiras existentes no Kai-Kan e também na cidade. Nessa festa são apresentadas coreografias, músicas e comidas típicas da colônia japonesa, que a cada ano atraem milhares de turistas.

PEDRA DO ELEFANTE
A Pedra do Elefante está situada no perímetro urbano, no acesso a SP-79, distante 2,5 Km do centro da cidade, com uma área total de 9.127 m2.

CASA DA PEDRA
Pequena casa situada em cima de uma pedra de granito de 20 metros de altura, no alto de uma montanha em frente a um grande vale no bairro Ciriaco, próximo ao centro de Piedade, onde é possível ter uma das mais belas vistas da cidade. Local que já serviu de cenário para comerciais de televisão, também é próprio para a prática de esportes radicais, como rapel ou montanhismo.

HORTO FLORESTAL

Inaugurado em 1995, o Horto Florestal Municipal possui 24 mil metros do mais puro verde, com suas espécies vegetais em abundância, é um lugar ideal para quem aprecia o contato direto com a natureza. Nele é possível encontrar 20 mil metros de mata remanescente da Mata Atlântica, com muitas mudas nativas. Anualmente são produzidos 15 mil mudas de plantas, além de uma pequena área com plantas medicinais. O visitante terá a oportunidade de conhecer diversas árvores tais como: Cerejeiras, Araucária, Paul-brasil e Palmeira imperial, entre outras. Além disso, o Horto possui três lagos com muitas carpas e trilhas para um agradável passeio ecológico.

PAINEIRA
A paineira é um símbolo ambiental de Piedade, existe há aproximadamente 250 anos, e servia de referencias aos tropeiros que paravam para descansar sob sua sombra no século XIX. Localizada entre as marginais, na região central da cidade, hoje ela faz parte de um dos espaços preferidos de lazer dos piedadenses.

CAPELA DO JACUEIRO

A Capela do Jacueira foi construída em 1876 pela Irmandade do Santíssimo Sacramento, e localiza-se na Avenida Coração de Jesus, no Bairro Vila Olinda.

Milhares de romeiros saem da Capela do Jacueiro com diversos ramos que são abençoados pelo padre, e seguem até a Igreja Matriz Nossa Senhora da Piedade, no centro da cidade, onde é realizada uma missa. Essa celebração ocorre no Domingo de Ramos, e é realizada há 60 anos pela Comunidade Católica que faz desta data a principal festa de romeiros da cidade.

CACHOEIRA DA FUMAÇA

A belíssima Cachoeira da Fumaça está localizada a 22 Km do centro de Piedade, no Parque do Jurupará, numa área de aproximadamente 5Km de Mata Atlântica. O nome Cachoeira da Fumaça foi dado pelos próprios moradores por causa da neblina que é constante, dando a impressão que existe uma névoa encobrindo o local.

CACHOEIRAS

Imagine aquela água transparente e fresquinha, caindo em grandes quedas, proporcionando uma agradável sensação de bem estar e liberdade.Piedade oferece isso através de suas lindas cachoeiras, que na época do verão atraem dezenas de turistas que vem desfrutar de uma água limpíssima, e de belas paisagens. Elas estão localizadas em bairros da zona rural da cidade, onde o ar é puro e a natureza exuberante.

CULTURA, ESPORTE E LAZER.

BANDA LYRA SÃO JOÃO - Na história das nossas bandas, a Lyra São João ocupa um espaço a parte. Com mais de setenta anos de existência ela acompanha os acontecimentos mais importantes deste século na Vila Piedade. Nas festas cívicas, nas festas religiosas,nas retretas, lá está a Lyra São João, de João de Bueno de Camargo, Benedito Bueno de Camargo, Wilson Lopes, Davino Tardelli da Silva e tantos outros músicos que com talento e dedicação procuraram dar momentos de alegria e prazer ao povo piedadense.

Atualmente, a Lyra São João é mantenedora do Conservatório Artístico Musical “Davino Tardelli da Silva”.

CONSERVATÓRIO Artístico Musical “Davino Tardelli da Silva”

Destaque na região como um dos quatro maiores centros de cultura, a Escola de formação Artística de Apoio ao Ensino Fundamental, o Conservatório, foi inaugurado no dia 09 de março de 1992. As aulas começam ás 8h e se estendem ás 22h de segunda à sexta-feira.A segunda-feira é o dia que tem mais alunos.São pelo menos duzentos ocupando as salas de aula e o auditório.

Consta oficialmente do calendário da escola quatro eventos que já se tornaram conhecidos da população: Audição dos alunos (20/maio aniversário da cidade),Festival “Inverno Musical” com apresentação de todos os alunos dos diversos instrumentos incluse corais, Festival da Primavera,e Coral infantil e adulto de Natal que se apresentam no auditório do conservatório, e também no largo da matriz.

CONSERVATÓRIO

Possui 420 alunos e oferece 16 cursos:

Iniciação Musical,Musicalização Infantil,Flauta Doce e Tranversal

Piano,Teclado,Tuba,Trombone,Bombardino,Clarinete,Teoria,História da Musica e estruturação, Violão, Percussão, Saxofone, Trompete, Violino,Além de coral infantil, juvenil e adulto.

(O coral “Sonho Maior” conta com 75 crianças de 8 a 12 anos, que através da musica levam alegria e graciosidade aos lugares em que se apresentam).

CASA DA CULTURA

Em 1982, através do Decreto 547, de 23 de dezembro assinado pelo prefeito da época, Juracy Rosa Soares, a Comissão de Formação da Casa da Cultura, formada por Paulo de Andrade, Marinaldo Cruz Filho, Byron de Abreu Freire Jr., Benedito Arassahu, Leda Freire Gomes e Toshinori Kobata, nascia a Casa da Cultura sediada no antigo prédio da Câmara e Cadeia da cidade de Piedade, a Casa da Cultura abriga os artistas municipais desde 1983.

A primeira tentativa para a criação de uma Casa da Cultura em Piedade surgiu em 1961,nessa época por iniciativa da Prefeitura, foi criado o Museu Histórico(que infelizmente não foi adiante). No seu histórico encontram-se inúmeras peças de teatro, encenadas tanto por grupos de atores da cidade como por grupos vindos de várias partes do país, alguns grupos de teatro fizeram história dentro e fora de Piedade e Região:

GRUTA - Grupo Texto e Arte – Início dos Anos 80, com Paulo de Andrade, Raimundo de Menezes, Cássio Freire, Vanete Corrêa e muitos outros (diversas peças teatrais foram encenadas por este grupo dando inicio a formação teatral na nova Casa da Cultura de Piedade)

ALCATÉIA - Anos 90, com Carlos Felipe, Tammy Andrade, Luciana Mazzer, Célio, Dorair Quintino, Ivan Mach. e Adriana Canarini( apresentando espetáculos como: “As orelhas do Rei”, “Cantora Careca” e “Filhos de Kenedy”- e mais tarde sendo dirigidos pelo diretor sorocabano Bêne de Oliveira as peças “Bailei na Curva” e “Hienas”.

BIT’S - De 94 a 98, Com Paulo Salvetti, Cássia Nunes, Edú de Oliveira, Daniela Doms, Renan Salvetti, Raquel Moroni e Aline Canarini – Participando de Festivais com as Peças: “Depoimentos”,”Cotidiano” e “Alma Gêmea” – Representando a Cidade de Piedade No Mapa Cultural Paulista.

Expressão e Arte - 98 a 01 com Anneth Santh, Ariane Goes, Carlos Doles, Vicente Godinho,José Muniz,Francisco,Fabiana,Aldo e outros (Prêmiação “Mapa Cultural Paulista Fase Regional”,representando em São Paulo toda Região de Piedade.

Com Texto sem documento - 99 a 03 com Carol Stelzer, Carlos Doles, Ariane Góes, Angela Maria , Simone Mon , Aline Canarini , Dorair Quintino e Camila Tardelli Com os espetaculos: “A consulta” e “Dorotéia” representando novamente a cidade de Piedade no Mapa Cultural Paulista.

Além disso a Casa da Cultura pode contar com uma fortíssima vertente literária que por sua vez ou outra resulta em movimentos de poetas.

Piedade nesta área não tem pra ninguém, é um dos maiores berços literários da região, e com os “poetas de Piedade” a cidade foi muito bem representada por Beni Soares, Geraldo Camargo, Daniela Doms, Rosalina Rosa Leite e muitos outros,em inumeros festivais,regionais e estaduais, como por exemplo o “Mapa Cultural Paulista” em que nesta ocasião no ano de 1997 a piedadense Anneth Sant foi a 7° colocada em todo o estado com a poesia:

Beijo

Chegou de leve e enesperadamente

Curvou-se ao beijo num suave enleio

Fazendo assim girar meu mundo e mente

dentro do curto espaço de um meneio

Naquela hora o tempo fez-se distraído

e até parou, achando graça dos meus medos

Mas a pureza dos gestos foi tão grande

que até senti o céu tocando nos meus dedos

E sendo o beijo de todos o mais breve

foi como o toque da brisa que eu queria

reconfortante e calmo feito prece

Mas durou exatamente o tempo que devia.

Aliado a isto, mas não menos presente ou importante, vale salientar as inúmeras manifestações de músicos e dos artistas plásticos da casa:

Músicos como, Alexandre Benato(Prêmio de Melhor Sonoplastia “Mapa Cultural Paulista 2000″), Fábio Cacace (Vários Prêmios Musicais),e diversas bandas de rock, samba, MPB,duplas sertanejas,etc.

E Artístas Plásticos, como Evandro Jonas de Paula (Artista Prêmiado), Fernando (Dizing,criatividade a flor da pele),Rodrigo Araújo(vários prêmios de quadrinhos,cartoon de humor), Paulo de Andrade(Artista renomado,um dos fundadores da Casa da Cultura de Piedade,premiado muitas vezes como: “Grand Prix da Ilustração Brasileira”, e “Medalha de Ouro-Clube de Criação de São Paulo”, IIº Salão Jovem Arte Contemporânea(USP), Possui obras na Europa além de acervos em São Paulo,Rio Grande do Sul e Museu de Cali,Colômbia.

Hoje apesar de enfrentar graves dificuldades, a Casa de Cultura resiste e vem tentando ampliar seu modo de encarar e pensar a cultura da cidade, ao mesmo tempo reajustando e reencontrando-se com seus ideais fundamentais e mantendo/recuperando tradições, entre as quais encontra-se neste ano o 10ºFestival de Monólogos IIºFeira Internacional de Poesia,Prêmio Cultura em Prosa e Verso, Encontro de Duplas,entre outros tantos eventos que sempre deixaram impressões profundas em público e artistas.

Bookmark and Share

Agenda de Piedade

0

• FESTA DO DIVINO ESPÍRITO SANTO
• FESTAS JUNINAS
• FESTA DE NOSSA SENHORA DA PIEDADE (PADROEIRA DA CIDADE)
• FESTA DO DOMINGO DE RAMOS (PROCISSÃO COM CAVALOS,BOIS,ETC)
• CORPUS CHRISTI
• 20 DE MAIO ANIVERSÁRIO DA CIDADE DE PIEDADE
• ROMARIA BOM JESUS DO PIRAPORA
• FESTAS DE BAIRROS DE ACORDO COM O SANTO PADROEIRO
• FESTA DA CEREJEIRA
• FESTA BOM ODORI
• FESTAS TRADICIONAIS DA COLÔNIA JAPONESA
• FEIRA INTERNACIONAL DE POESIAS
• FESTIVAL DE MONÓLOGOS
• GINCANA 163 EM HOMENAGEM AO ANIVERSÁRIO DA CIDADE
• ENCONTRO DE DUPLAS
• CONCURSO DE PROSA E VERSO
• APRESENTAÇÕES ANUAIS DE DANÇA
• APRESENTAÇÕES ANUAIS DE CORAL
• APRESENTAÇÕES ANUAIS INSTRUMENTAIS
• SHOWS COM BANDAS DE ROCK, MPB, SERTANEJO, SAMBA , ETC.
• APRESENTAÇÕES DE TEATRO
• ENCONTROS REGIONAIS DE POETAS
• ENCONTROS DE MOTO CLUBES
• ENCONTROS DE JIPEIROS
• CAMPEONATOS DE BRAÇO DE FERRO
• CAMPEONATOS DE KARATÊ
• CAMPEONATOS DE BEISEBOL E SOFTBOL
• FESTA DO MORANGO
• FESTA DO kAkI FUYU
• FESTA DA ALCACHOFRA

Bookmark and Share

HISTÓRIA DE PIEDADE

0

No começo do século XIX, famílias vindas de diversas localidades vizinhas, principalmente Sorocaba, estabeleceram-se á margem esquerda do Rio Pirapora, formando um povoado que tinha em Vicente Garcia, homem empreendedor e um autêntico chefe.Em 1840, tendo ganho uma imagem da Nossa Senhora da Piedade de um mascate, construiu uma capela em louvor a Santa. O dia da inauguração da igreja passou a ser considerada a data de fundação da cidade, 20 de maio de 1840.
O povoamento veio lentamente acompanhando o caminho da cidade de Sorocaba.A primeira paragem logo depois da serra do São Francisco, foi o Jurupará, povoado por José Vieira Nunes, que também foi povoador do Alto do Pirapora e da paragem Apeatuba, que recebeu como sesmaria. Mas é somente em 1779 que aparece a primeira paragem do Pirapora citada em documento. É a semente que vai gerar Piedade.
Antonio de Souza Pereira, morador em Sorocaba, recebe uma sesmaria de uma légua de terras em quadra na paragem chamada Pirapora. Na mesma época foram distribuídas outras sesmarias às margens do Pirapora.
A partir de 1780 são distribuídas varias sesmarias e com isso a paragem do Pirapora assumiu uma maior importância. Era o cruzamento entre o caminho que vinha de Sorocaba, passando pela barragem do Jurupará.
A paragem do Pirapora era ideal para os tropeiros que procuravam para seus pousos, lugares que oferecessem água e pastagem para seus animais. Um lugar como a confluência do rio Pirapora e o Ribeirão dos Cotianos. Um lugar seguro no qual os rios serviam como cercas para impedir a fuga de animais.

A FREGUESIA DA NOSSA SENHORA DA PIEDADE
Em 1824, já um povoado em crescimento, conhecido como bairro do Pirapora Acima, a população realizava seus batizados, casamentos e registrava seus óbitos na matriz de Nossa Senhora das Dores, na freguesia da Una.Próximo de 1840, os capitães Francisco José Moreira e Francisco Antonio de Moraes construíram o primeiro povoado do Pirapora Acima, em terras doadas por Vicente Garcia e a capela em invocação a Nossa Senhora da Piedade, que recebe a provisão episcopal em 29 de maio de 1840. A capela atraiu novos moradores e em 1846 o bairro do Pirapora já era conhecido como o bairro da Piedade. Pela lei n° 16, de 3 de março de 1847,o bairro da Piedade, é elevado à freguesia e fica pertencendo a Câmara de Itu.
Como a elevação de capela à categoria de paróquia, o povo ficou obrigado a construir sua igreja matriz. Demétrio Machado, capitão José Francisco da Rosa, Manuel Mendes Ribeiro e Francisco José Moreira, lideres da freguesia, optaram por reformar aa antiga capela. Em maio de 1851 foi inaugurada a matriz com o Padre Gerônimo da Silva Belas realizando os primeiros batizados e casamentos.

A VILA DE PIEDADE
A freguesia, elevada a vila no dia 24 de março de 1857, elege seus primeiros vereadores no dia 7 de setembro aguardando assim a instalação da Câmara.
O tenente coronel Francisco Gonçalves de Oliveira Machado, presidente da Câmara Municipal de Sorocaba, acompanhado do Secretário João da Silva Cardoso de Carvalho, partiu de Sorocaba em direção a nossa região, escolhendo os melhores atalhos, pois não havia estrada direta. A vila era o povoado formado pela Rua da Matriz, Rua do Teatro, Rua da Ponte e Pátio da Matriz.A Rua Nova que começava ao lado da Matriz e terminava pelos lados dos Cotianos ainda não passava de picadão. Cerca de quinhentas pessoas das 3.445 da freguesia residiam na sede.

A IMAGEM DE NOSSA SENHORA DA PIEDADE
Como todas as imagens de padroeiras no Brasil, a de Piedade é também cercada de lendas. Segundo o professor Pietro Maria Bardi, a imagem, uma reprodução da Pietá de Michelangelo, é uma obra de grande valor artístico feita por um santeiro da região de Sorocaba ou Itu, no principio do século XIX, ou melhor, entre 1800 e 1820, que soube muito bem modelar no barro a feição trágica do Cristo e a angústia de Maria.
Assim Começou Piedade
Revista: “Isto é Piedade”
O Regional – edição especial de janeiro de 1986.

Bookmark and Share

Olá, mundo!

0

Bem-vindo ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e então comece a publicar!

Bookmark and Share
Para o Topo